For producing a letter, the main reason is to search for an individu approval for a few task which you require to try.

A mistake that’s common among several authors whilst in the procedure for composing an important composition is the extended overviews created by them. Various authors have the inclination focus on numerous places of this area. If you favor the most effective private writers who’ll work with you on paper, make contact with our composition company. No 2 writers believe likewise. Continuar a ler “For producing a letter, the main reason is to search for an individu approval for a few task which you require to try.”

It’s time to bring yet another page to your own site so first let us bring some option for both present page and any new pages you intend to deliver.

You might be probably to be supplied an essay on nearly every issue for a unique value. Yet another factor to think about when you’re studying composition writing applications is that however advanced technologies gets, ultimately the last merchandise must be yours and yours alone. Writing your initial composition can be lots of pleasure! It truly isn’t going to be much of a convincing article if you select a matter which everyone agrees with your perspective. Continuar a ler “It’s time to bring yet another page to your own site so first let us bring some option for both present page and any new pages you intend to deliver.”

Contas de 2017 da Fundação Isabel Domingues

A Fundação Isabel Domingues apresenta as suas contas relativas ao exercício de 2017

http://fid.pt/wp-content/uploads/2018/08/Anexo-fundação-2017.pdf
http://fid.pt/wp-content/uploads/2018/08/Parecer-Conselho-Fiscal.pdf
http://fid.pt/wp-content/uploads/2018/08/Declaração-de-Responsabilidade.pdf

 

 

Páscoa Intergeracional

A Fundação Isabel Domingues convidou os alunos do 1º ano da escola EB1 de Recardães para uma visita convívio aos residentes seniores comemorando assim a época pascal e proporcionando a todos uma tarde diferente. Os pequenos convivas tiveram oportunidade de pintar ovos da Páscoa, desenhos e construir um coelhinho para levarem como recordação, tudo com a ajuda e orientação dos seniores experientes. No final surpreenderam com uma pequena peça teatral ensaiada exclusivamente para os utentes e houve direito a um lanchinho com o típico folar da Páscoa. Todos ficaram satisfeitos e contentes pois houve oportunidade para se divertirem e aprenderem mais uns sobre os outros. A organização agradece a disponibilidade e a aceitação do convite por parte da Prof. Cristina para que esta atividade se pudesse realizar e espera que haja mais oportunidades num futuro próximo. A Fundação Isabel Domingues deseja a todos uma santa e feliz Páscoa.

coelhos de páscoa fundação isabel domingues pinturas fundação isabel domingues

[Best_Wordpress_Gallery id=”8″ gal_title=”Teste”]

Fundação Isabel Domingues

O Lar da Fundação Isabel Domingues já se encontra em funcionamento no Bairro do Pinheiro Manso. Trata-se de uma estrutura residencial para idosos, que procura aliar a qualidade do seu serviço ao bem-estar dos seus utentes.
Nesse sentido, contratou uma equipa de profissionais com experiência na área, com o objectivo de criar um ambiente familiar para os seus utentes. “No nosso lar, as pessoas não são vistas como números, mas, sim, como seres humanos que merecem ser acarinhados na fase final das suas vidas”, disse Isabel Domingues, o principal rosto de uma obra edificada por auto-financiamento, sem ajuda do Estado.
A Fundação Isabel Domingues dispõe de quartos totalmente equipados com WC privativo, alimentação com apoio de nutricionista, assistente médica e de enfermagem, cuidados de higiene pessoal, tratamento de roupa, actividades de lazer e acompanhamento permanente durante 24 horas.
O Lar da Fundação tem capacidade para 19 utentes e, neste momento, ainda existem vagas. “Estamos certos que, em breve, conseguiremos ter a capacidade total do lar preenchida, pelo que pedimos a quem tenha necessidade de encontrar um local para que um seu familiar receba cuidados profissionais, que nos contacte, com a certeza de que vão encontrar aqui um ambiente familiar que, afinal, é o que se pretende receber quando se inscreve um idoso numa estrutura deste tipo”, disse Isabel Domingues.
Para efectuar a sua inscrição, pode contactar directamente com a Fundação Isabel Domingues através de telemóvel (936 251 212 ou 935 301 112), telefone (234 060 353) ou email (fundacaoisabeldomingues@gmail.com).
A Fundação Isabel Domingues tem, também, uma página na Internet (www.fid.pt) onde pode ser visualizada uma galeria de fotos com todos os serviços prestados pela instituição e proceder-se à formalização da pré-inscrição para a valência de lar.

in Soberania do Povo

A Fundação Isabel Domingues nas Capas dos Jornais

Recardães: “O Lar de Idosos está concluído e pronto para abrir… Só nos faltam os utentes!”

O Bairro do Pinheiro Manso, em Recardães, tem um moderno Lar de Idosos, com capacidade para 19 utentes. “Está concluído e pronto para abrir… Só nos faltam os utentes!”, revelou Isabel Domingues, fundadora e presidente da Fundação com o seu nome. Um espaço que se pretende revelar pelo “profissionalismo, conforto e dedicação”.
Isabel Domingues tem 70 anos e nasceu na aldeia de S. Martinho, em Miranda do Douro. Aos 12 anos foi para Angola, onde casou, com Abílio Domingues, corria o ano de 1963. O casal regressou a Portugal em Fevereiro de 1965, mas voltou a emigrar meses depois, em Novembro. Isabel rumou à França, onde tinha família, e Abílio, natural de Ansião, foi para a Alemanha. Voltaram a juntar-se menos de um ano depois, em Paris.
Viveram e trabalharam, durante 40 anos, em França. Isabel, na administração interna francesa, com funções na Polícia Judiciária; Abílio, como motorista de autocarros turísticos.
Regressaram a Portugal em 2000 e radicaram-se no Bairro do Pinheiro Manso, em Recardães, “onde residia uma irmã do meu marido, com quem nos entendíamos muito bem, e que, infelizmente, já faleceu”, revelou Isabel Domingues.
“Foi a partir de 2000 que começámos a concretizar o sonho que tinha idealizado, em 1995, ainda em França, de criar uma obra caritativa que albergasse cerca de dez pessoas necessitadas, quando regressasse, em definitivo, a Portugal”, frisou a fundadora e presidente da Fundação.

Sonho pequeno
ganhou dimensão
O sonho de Isabel Domingues ganhou outra dimensão, quando se começou a deparar com exigências burocráticas que, muitas vezes, inviabilizam as ambições de quem se disponibiliza a fazer bem. “Nunca pensei em criar uma instituição, mas as obrigações das leis portuguesas é que me levaram a seguir por este caminho”, sublinhou.
“Se soubesse o que sei hoje, nunca tinha vindo, de vez, para Portugal… Não quero com isto dizer que estou arrependida desta obra, pelo contrário! Mas olhe que são 14 anos de muito trabalho, com o meu marido, que me tem ajudado imenso na concretização deste VER EDIÇÃO DIGITAL OU IMPRESSA

in Soberania do Povo